Tel: (21) 2557-3542     |     Webmail     |     Webmail Pastores

You Tube

Assine nossa newsletter

Últimas notícias

Vídeo em destaque

Agradeça a Deus por essa vitória e continue orando para que eles sejam absolvidos de todas as acusações.

No último domingo, três cristãos azerbaijanos que estavam na prisão de Evin, no Irã, foram libertados sob fiança e puderam finalmente voltar para suas famílias. Eldar Gurbanov (48), Yusif Farhadov (51) e Bahram Nasibov (37), os três de Baku, capital do Azerbaijão, foram convidados a participar de uma festa de noivado de um casal de amigos, em Teerã, e então planejaram passar três dias como turistas no país.

No dia 24 de junho, agentes de segurança invadiram a festa e prenderam 10 pessoas que foram rapidamente liberadas da delegacia. Mas Eldar, Yusif, Bahram e outro cristão chamado Naser (novo convertido) foram levados para interrogatório. Os quatro homens foram mantidos em confinamento solitário por dois meses e interrogados várias vezes. Foi-lhes negado o acesso à assistência consular e até mesmo a um advogado.

O paradeiro deles nunca foi divulgado durante esse período, motivo que deixou suas famílias angustiadas. Em setembro, eles foram transferidos do confinamento solitário para celas compartilhadas na prisão de Evin, enfrentando acusações de engajamento em atividades missionárias e propaganda contra o regime do governo. Eles aguardam ser absolvidos dessas acusações. Não há informações sobre Naser.

 

Pedidos de oração

  • Ore pelos cristãos que enfrentaram uma das piores prisões iranianas, para que superem os traumas vividos e que sejam absolvidos das acusações.
  • Interceda pela vida de Naser, que ele permaneça firme em sua fé e que seja consolado pelo Espírito Santo.
  • Ore pelas famílias desses cristãos, pelas suas esposas e filhos; ore também pelos demais presos que continuam nessa prisão que não trata os cristãos com dignidade e justiça, antes são penalizados por causa de sua fé e coragem de seguir a Jesus Cristo em países tão hostis.
tr?id=228531294253728&ev=PageView&noscript=1