Tel: (21) 2557-3542     |     Webmail     |     Webmail Pastores

You Tube

No livro dos Atos dos Apóstolos lemos a aflição dos moradores de Tessalônica, cidade grega no séc. I d.C., quando souberam que o apóstolo Paulo havia chegado na cidade e começado a proclamar Jesus Cristo como o Senhor de tudo e de todos. Reuniram uma multidão e as autoridades da cidade e se queixaram nestes termos: “Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui” (Atos 17.6).

 


Esta acusação se devia ao fato de que os cristãos estavam se multiplicando rapidamente no Império Romano e que diziam que Jesus Cristo era o Kyrios, isto é, Senhor – título que o César reservava para si. Ao dizer isto, os cristãos não estavam se rebelando contra o Imperador como autoridade civil, mas contra a sua divinização e contra o culto a ele, como se fosse Deus. Todavia, soava como rebelião aos ouvidos gregos e romanos. Além disto, corria a acusação de ateísmo contra os cristãos, pois rejeitavam as centenas de deuses gregos e romanos e criam num único Deus, invisível. E por fim, havia ainda rumores de que eram canibais, pois se reuniam todo domingo a portas fechadas para comer a carne e beber o sangue de alguém – versão maldosa e ignorante do ritual cristão da santa Ceia.


A temida subversão cristã acabou realmente acontecendo. No séc. IV o próprio Império se tornaria oficialmente cristão por decreto do imperador Constantino. E aquilo foi apenas o começo.
O ímpeto do cristianismo para influenciar o mundo além das quatro paredes de seus templos decorre das suas crenças mais fundamentais. Primeira, que Deus criou o ser humano à sua própria imagem, o que lhe confere dignidade, valor e direitos inalienáveis pelo simples fato de ser humano. Assim, os cristãos não podiam ficar de braços cruzados observando inertes as injustiças, as opressões e desigualdades que marcavam e marcam o mundo. Segunda, que o problema fundamental do homem é o estado de pecado e corrupção moral em que se encontra e que somente mediante a conversão interior a Deus, através da fé em Cristo, é que ele pode mudar e fazer a diferença no mundo. Terceira, que Jesus Cristo e ele somente é o Senhor da consciência, e que todos deveriam submeter-se a ele e ao seu Reino. E isto significa que cada centímetro quadrado da existência humana está debaixo do senhorio de Jesus Cristo, o Kyrios exaltado.
Foram estas crenças e outras similares que impulsionaram os cristãos a sair mundo a fora com a mensagem redentora do Evangelho e que os levaram a fundar escolas, orfanatos, hospitais, abrigos e a lutar pelos ideais de igualdade e liberdade - embora determinados eventos na história desta trajetória não sejam motivo de orgulho para nós. O poder do cristianismo – particularmente aquele ramo do cristianismo oriundo da Reforma protestante do séc. XVI –  para “transtornar o mundo” se mostrou no surgimento das sociedades modernas e da economia, conforme bem documenta André Bièler, suíço, pastor e doutor em Ciências Econômicas em sua obra A Força Oculta dos Protestantes.


É este ethos do cristianismo protestante que faz dele uma religião global, cujo alcance e extensão foram obtidos, sempre que os cristãos foram fiéis às suas origens, por esta revolução silenciosa, quase oculta.

 

DESTAQUES

Educação Cristã

Federação de muheres homenageia pastores/as aposentados/as

Federação de muheres homenageia pastores/as aposen…

  A Federação Metodista de Mulheres da Primeira Região homenageou mais uma vez pastores e pastoras que dedicaram boa parte de suas vidas ao cuidado de suas ovelhas no ministério pastoral. O culto de gratidão a Deus aconteceu no dia 13 d...

Concílios

Homenagem ao bispo Paulo Lockmann marca o culto de abertura do Concílio

Homenagem ao bispo Paulo Lockmann marca …

  Na manhã do último sábado, 17, a Primeira Região fez uma linda homenagem ao bispo Paulo Lockmann no culto de abertura do Concílio Regional Extraordinário. Presidindo a Primeira Região Eclesiástica da Igreja Metodi...

Nossa Gente

Evangelismo sobre duas rodas lembrou Reforma

Evangelismo sobre duas rodas lembrou Reforma

  No mês passado, quando comemoramos mais um aniversário da Reforma Protestante, o irmão João Evangelista, conhecido pelo apelido de João Evangebike por levar mensagens bíblicas a reboque de uma bicicleta pelas ruas do Rio de Janei...

Ação Social

Crise no sistema carcerário será tema de palestra da UNIVERITAS

Crise no sistema carcerário será tema de palestra …

A UNIVERITAS promove uma palestra sobre um dos assuntos mais discutidos atualmente: a crise carcerária no país. O debate será no auditório Tucker, que se localiza no térreo da universidade, no dia 17 de fevereiro, às 18h30. Reunindo espec...

Expansão Missionária

Inscrições abertas para o Programa Amigos da Missão Global

Inscrições abertas para o Programa Amigos da Missã…

O formulário de inscrição para Global Mission Fellows (Amigos da Missão Global) estará disponível online. A Junta Geral de Ministérios Globais da Igreja Metodista Unida (General Board of Global Ministries | The United Methodist...

Fé e Nexo

Os Evangélicos e os 127 anos da República Brasileira

Os Evangélicos e os 127 anos da República Brasilei…

por Lyndon Araújo Santos   Passados mais de um século da Proclamação da República, a sociedade brasileira pergunta se os seus ideais e os seus propósitos foram e têm sido realizados. A saber: 1.   A igualdade de ...

tr?id=228531294253728&ev=PageView&noscript=1