Tel: (21) 2557-3542     |     Webmail     |     Webmail Pastores

You Tube

Assine nossa newsletter

Últimas notícias

Vídeo em destaque

Igreja localizada no distrito de Três Rios testemunha crescimento a partir do trabalho com grupos pequenos

A Igreja Metodista em Vila Izabel, Três Rios (RJ), liderada pela pastora Bernadete Alves, tem vivido uma experiência marcante com o discipulado. Tudo começou a partir da participação da reverenda no Ministerial de novembro do ano passado. Ela foi ao encontro na certeza de que precisava de um direcionamento do Senhor para essa área. “E as mensagens ministradas no evento aquietaram o meu coração”, lembra a pastora.

Depois dessa experiência, ela elaborou sete estudos com base no livro do bispo Paulo Lockmann com o seguinte tema: “Vale a pena ser discípulo”,  que foram ministrados durante o retiro de carnaval deste ano, do qual participaram cerca de 70 pessoas.  Segundo ela, ao final desse encontro, os jovens, que eram maioria, saíram impactados e desejosos de fazer um trabalho evangelístico que não se limitasse às praças, mas chegasse às casas dos não crentes.

Ao participar posteriormente de um Congresso de Discipulado,  em Teresópolis, pastora Bernadete conheceu o projeto Casa de Paz e decidiu aplicá-lo, escolhendo para isso o bairro local chamado Habitat. De acordo com essa proposta, são realizados estudos nos lares de pessoas não convertidas, chamadas de “filhos da paz”, que desejam receber a bênção do Senhor em suas residências.

Inicialmente, o trabalho foi realizado num espaço público, com tenda de intercessão, apresentação de malabares e coreografias, destribuição de panfletos evangelísticos, ação social, além de outras atividades. Muita gente compareceu, e a Palavra foi ministrada pela pastora Bernadete no culto denominado Lançando a Rede. 

Nesse dia, sessenta casas foram abertas para visitação. De acordo com pastora, foi separado um casal de discípulos para cada lar. “Conseguimos 15 duplas. Cada dupla visitou quatro casas”, conta pastora Bernadete. Das 60 casas, trinta aceitaram participar das sete semanas da Casa de Paz. “Louvei ao Senhor, pois tínhamos 15 duplas que poderiam fazer duas casas por sábado”.  E assim foi feito.

A igreja pôde colher o fruto desse trabalho. “Vimos algumas vidas aceitarem Jesus e voltarem para Cristo. Além de pessoas curadas, libertas e transformadas. Pude ver também o crescimento espiritual de cada discipulador”, testifica a pastora. Ela conta ainda que todas as sextas-feiras há uma reunião onde ela ministra sobre a vida dos discipuladores. “Em todo o tempo, Deus supriu nossas necessidades”, alegra-se.

Mas o trabalho não parou por aqui. A pastora desafiou a igreja a iniciar  também o projeto Casa de Paz no bairro de Vila Izabel. Hoje existem mais de 20 células. No bairro Habitat, houve ainda dois cultos da colheita. As reuniões contaram com a participação de 70 membros da igreja e 40 da Casa de Paz. O pastor Nelson Santos também esteve presente e oficializou o Ponto Missionário no local. Em setembro, os jovens promoveram a primeira programação desse recente trabalho por meio de devocional, palestras sobre saúde bucal e distribuição de kits de higiene para as crianças.  

Veja a nossa galeria

 

tr?id=228531294253728&ev=PageView&noscript=1