Tel: (21) 2557-3542     |     Webmail     |     Webmail Pastores

You Tube

A manhã de hoje (11) começou com a eleição da lista tríplice de indicação ao Concílio Geral. Após 33 escrutínios, foram indicados para o episcopado da Igreja Metodista pelo Concílio Regional da Sétima Região Eclesiástica os seguintes nomes: Nelson Magalhães Furtado (211 votos), Elson Amaral Brum (206 votos) e Carla Simone Ferreira Alves (217 votos). A eleição ocorreu por meio de votação eletrônica.

A plenária seguiu após o café da manhã com uma devocional dirigida pelo bispo Adriel de Souza Maia, que trouxe uma reflexão bíblica com base no livro de Hebreus 12. 1-2; 28, apontando para a centralidade do sacerdócio de Jesus Cristo. Para ele, o escritor do livro de Hebreus tinha em mente os jogos olímpicos e para participar era necessário despojar-se das túnicas que eram muito usadas naquela época. “Devemos tirar as túnicas espirituais do individualismo, da maldade e da discriminação para não caminharmos com os pés tropeçando”, enfatizou.

Para Adriel, o desafio da igreja é a unidade do Espírito no vinculo da paz. Ele advertiu que um reino inabalável não sofre as mutações dos movimentos da vida, não é influenciável, é perfeito e santo. “O Espírito Santo nos faz percorrer por um caminho de arrependimento. Nenhum de nós aqui está isento de pecar, mas, no momento em que começamos a repetir os mesmos pecados, algo está errado”, declarou. Ele terminou falando que devemos resgatar a nossa alegria em servir a Deus com fé, esperança e amor.

Bispo virá candidato também pela Sétima Região

Durante o Concílio, o bispo expressou seu desejo de concorrer ao episcopado, e o superintendente missionário, reverendo Carlos Alberto de Oliveira Queiroz, apresentou proposta encaminhada pelo ministério de apoio ao episcopado (MAE) de que o bispo Paulo Lockmann, caso seja eleito no Concílio Geral, fique na 7ªRE. A proposta foi aceita com aplausos e aprovada por unanimidade pelos delegados.

Aposentadoria compulsória

O delegado Clésio Guimarães, da Igreja Metodista Central em Cabo Frio, fez um encaminhamento ao plenário para mudança da aposentadoria compulsória, passando de 70 para 75 anos. A proposta será encaminhada para uma comissão que vai preparar o texto a ser apresentado no Concilio Geral.

 

tr?id=228531294253728&ev=PageView&noscript=1